Las letras de la canción Zabelê (1967)

(Gilberto Gil, Torquato Neto)
Minha sabiá, minha zabelê
Toda meia noite eu sonho com você
Se você duvida, eu vou sonhar pra você ver
Minha sabiá, vem me dizer, por favor
O quanto que eu devo amar
Pra nunca morrer de amor
Minha sabiá, vem me dizer, por favor
O quanto que eu devo amar
Pra nunca morrer de amor
Minha zabelê, vem correndo me dizer
Porquê sonho toda noite
E sonho só com você
Se você não me acredita, vem pra cá
Vou te mostrar
Que riso largo é o meu sono
Quando sonho com você
Mas anda logo
Vem que a noite já não tarda a chegar
Vem correndo pro meu sono escutar
Que eu sonho falando alto
Com você no meu sonhar
Minha sabiá, minha zabelê
Toda meia noite eu sonho com você
Se você duvida eu vou sonhar pra você ver.

Versiones oficiales

Domingo (Album, 1967)
Posición: 12
Duración: 2:48